Falando Sobre Filme: A Cor do Amor: A História de Jacey (2000)

Oi pessoal! Trazendo mais um filme que me marcou muito, muito mesmo! Um filme sensível e tocante. Traz a mensagem sobre o preconceito entre brancos e negros, ainda muito comum atualmente, infelizmente. Mas, vamos lá, conheçam: A Cor do Amor: A História de Jacey.

Com estrelas como Louis Gossett Jr. e Gena Rowlands, com direção de Sheldon Larry.

O filme fala sobre uma elegante dama, Geórgia, que recebe a notícia de que sua filha e seu genro morreram em um acidente de carro. Geórgia descobre que tem uma neta orfã de 6 anos e a leva para viver em sua casa em uma pequena cidade do sul. Seu maior desafio será enfrentar o preconceito racial de seus amigos, assim como o seu próprio, uma vez que seu genro era negro.

Poster/Divulgação

The Color of Love: Jacey's Story (A Cor do Amor: A História de Jacey, no Brasil) é um filme feito para a televisão, estreando em 19 de março de 2000 na rede americana CBS. Conquistou uma grande audiência em sua exibição, foram 11.6 milhões de pessoas sintonizadas assistindo ao filme e fazendo a CBS liderar no horário.

É um filme bastante comovente. A história passa-se na Geórgia, estado norte-americano com foco em um grupo de senhoras que gostam de manter as tradições locais, que logo podemos perceber que são aristocráticas e racistas. Elas fazem reuniões para caridade mas ainda assim tem empregas afro-americanos e ficam horrorizadas com a perspectiva da raça ser mista em casamentos e consequentemente os filhos.

Geórgia (interpretada por Gena Rowlands) é uma mulher genial e generosa, agora viúva, tinha sido alienada por muito tempo pelo seu marido violento, o que fez ela se afastar de sua filha que teve um envolvimento com um negro.

Afastada de sua mãe por anos, a filha acaba morta em um acidente de carro junto com seu marido. Jacey é o fruto do relacionamento dos dois, consegue se salvar.

Jacey e Georgia


Georgia então chocada com a morte de sua filha acaba descobrindo que tem uma neta mestiça que sobreviveu ao acidente. Vivendo sozinha, ela então decide criar Jacey (interpretada por Penny Bae Bridges) e a leva para sua casa. Porém, o avô Lou Hastings (interpretado por Louis Gosset Jr.) aparece querendo a guarda da neta, disposto a levá-la para sua casa atual em San Diego, Califórnia.

Lou Hastings (o avô de Jacey) é diabético e é forçado a permanecer na Geórgia por duas semanas. Então, Georgia o convida para ficar na sua casa até sua recuperação.

Lou então disposto a ficar com a guarda de Jacey, não perde a oportunidade de lembrar Georgia de seu racismo. 

Jacey e Georgia


Então no decorrer do filme, Georgia lembra dos ataques de seu falecido marido ao esposo de sua filha e a Lou, mostrando que na época foi incapaz de fazer alguma coisa para intervir toda aquela violência e ameaças.

Embora inicialmente apreensiva sobre cuidar de Jacey, Georgia eventualmente acostuma-se com a ideia de compartilhar a custódia da menina com o avô paterno.

Jacey consegue unir Georgia e Lou (seus avós que lutam por sua guarda)


Logo no desenrolar da história, as atitudes mudam, Lou começa a conhecer melhor Georgia, o amor é compartilhado e todo o problema vai se superando por causa de Jacey.

É um excelente filme! Super recomendo. Contém uma linda história de amor e superação! É muito interessante como o filme lida com o preconceito racial e conflitos familiares de forma séria e com cuidado.


Trecho do filme:



O filme foi bastante reprisado no Supercine (sessão de sábado da Rede Globo) depois foi parar na Sessão da Tarde (onde tive a oportunidade de assistir pela primeira vez e logo de cara entrou na minha lista de filmes favoritos). Chegou a ser exibido também na TV paga pelo extinto Sony Spin e pelo Canal Sony (onde consegui gravar a exibição).

É um filme raro de achar pela internet, não existe DVD, pois o mesmo nem chegou a ser lançado. Só resta ficar atento a esses canais acima e torcer por sua exibição.

Garanto quem tiver a oportunidade de assistir ao filme, jamais o esquecerá. É muito tocante e apaixonante.

Isso é tudo!

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.